domingo, 7 de dezembro de 2008

Resposta do tempo.


Tem mais ou menos um ano que escrevi um dos primeiros textos para esse Blog.Na verdade,foi o segundo a ser postado.Chamava-se: “Minha caminhada diária”. Nele,eu exteriorizei a minha angústia diante da constatação de que nem sempre a vida é bela.
Bem,um ano depois,venho aqui, não me desculpar ou corrigir nada,pois naquele desabafo,escrevi apenas o que se passava no meu íntimo naquele momento de minha vida.Foi um dos meus momentos “down”!Quem não os tem?
E Blogs (pelo menos o meu!)são “cantinhos” perfeitos para desabafos,para divagações,para relatos de histórias e “estórias” também!Pessoais ou não.Até mesmo “abobrinhas” cabem perfeitamente num blog.Porque não?Afinal,eles não foram feitos (repito:pelo menos o meu!)para agradar ou impressionar ninguém.Eu os chamaria mesmo de “diários públicos”.É. Voce escreve o que pensa,o que sente vontade,conta o que quer,o que viu ou ouviu,cria ficções,enfim,escreve o que der na telha!Sem a menor preocupação se vai agradar ou não.Afinal,o “diário” é seu!Mesmo que aberto ao público,é seu.
Quem acompanhar o blog de alguém vai perceber como parece mesmo um diário,pois é fácil perceber as mudanças de estado de espírito,de pontos de vista,de comportamento de seu autor,ao longo de suas postagens.Tenho feito essa contatação nos blogs de amigos.E adoro observar isso,pois nada é tão revelador da “humanidade”de alguém do que esses altos e baixos ao longo da vida.
Bem,mas com essa falácia toda,eu queria mesmo era dizer,numa espécie de “resposta do tempo” ao que escrevi naquela ocasião,como me sinto hoje,um ano depois.
Continuo preferindo a esteira ergomética à pracinha.Em relação ao que me incomodava lá fora,pouca coisa mudou.O que mudou mesmo,foi a minha disposição em relação a isso.Lembra da garota adormecida que eu queria despertar?Pois é...ela acordou.Não com toda a energia que eu gostaria,mas com fôlego suficiente para reerguer o meu otimismo.
Continuo não conseguindo olhar diretamente e todos os dias para aquilo que me faz mal.Mas,NÃO ME PERMITO mais esquecer que ele existe e que está lá fora,precisando da minha ajuda para ser transformado.Numa metáfora,poderia dizer que não preciso ficar olhando a casa que desabou,para saber que alguém ficou desabrigado.Preciso mesmo é ajudar a reconstruí-la e tentar interferir nas causas da sua destruição,para que não aconteça de novo .Assim,tenho tentado fazer a minha parte,dar a minha pequena contribuição e influenciar outros a também fazê-lo.Se juntarmos pouco com pouco...quem sabe?
Hoje,eu continuo achando que a vida nem sempre é bela...mas também nem sempre é ruim.E temos o poder e o dever de torná-la melhor.
E quanto a mim,sou muito grata a DEUS,pois A MINHA VIDA,É BELA SIM!COM TODAS AS SUAS SINGULARIDADES,ALTOS E BAIXOS!
Aos meus amigos e visitantes,o meu carinho!

7 comentários:

Rosane de Castro disse...

Pois é, querida, apesar de tudo, viver é "bão" e fazer a diferença nesse mundo conturbado é que dá sentido. Deus nos dá condição de fazer a diferença. Bjo

Claudia Alba7 disse...

Eh amiga a caminhada vai ficando mais facil . Vamos dar o primeiro passo, e tudo vai melhorar. Gostaria de estar ai para lhe dar um grande abraco! Bj... Fico feliz e orgulhosa por ter uma amiga de luz como vc.

Rosangela disse...

Fico feliz por encontrar neste planeta pessoas como você. Seus questionamentos também nos permitem uma reflexão a cerca de nossa responsabilidade na história de todos nós. E que venham outros textos... Beijos

Gui disse...

Irisinha, é através dos barracos derrubados que encontramos as pessoas de luz como vc, que aparecem para ajudar e acolher os que precisam momentaneamente da gente.
Um grande bj e muita paz!

Socorro disse...

Todos os dias passo aqui, em busca de momentos de reflexão. Quando virá o próximo artigo ? Estou ansiosa. Beijinhos !

Graça disse...

Oi querida, confesso que é a primeira vez que visito um blog, não sei ainda como usá-lo, mas garanto me esforçar e aprender, deixa só eu ter mais um tempinho, viu?
Vou tb escolher uns textos legais e postar aqui, é assim que se diz né,rsrsrsrs?
Só em eu conseguir entrar já considero isso um sucesso, rsrsrsrs.
Bjosssssssssss

Leda disse...

oi Iris....
adoro seus escritos!!!!

é sempre bom passar por aqui...bjs